Os empregos temporários com maior demanda e salários de até R$ 10 mil

Depois da reforma trabalhista, empresas querem contratar profissionais qualificados nas áreas de finanças, RH e comercial.

“O modelo já era muito utilizado lá fora. O trabalho temporário serve para atividades separadas do dia a dia, mas que são estratégicas para a empresa. Então, elas procuram profissionais qualificados para atender demandas pontuais”, explica ela.

No levantamento, a Page Interim observou alguns cargos de temporários e terceiros com maior demanda. Confira a lista:

Analista contábil
O que faz: Realiza a conciliação contábil, trabalhando com elaboração de demonstrações financeiras e atendimento à auditoria.

Perfil: Perfil técnico de formação na área com habilidades básicas esperadas, como Excel, e diferencial no idioma estrangeiro, relatório internacional (IFRS, GAP, SOX) e conhecimento em sistemas de gestão empresarial.

Salário: R$ 3 mil a R$ 8 mil

Motivo para alta: Cargo central para vagas interinas, pois exige perfil técnico consolidado e se encaixa para diferentes demandas pontuais na área, como expansão, fusão, aquisição, (re)estruturação e IPO.

Percentual de aumento: +55%

Analista fiscal
O que faz: É responsável por toda a cadeia de rotina fiscal, seja em apoio ou execução, como cálculo e apuração de impostos diretos e indiretos, geração de guias de recolhimento, conferência de cálculos e validação documental.

Perfil: Perfil técnico de formação na área com habilidades básicas esperadas (Excel) e diferencial no idioma (inglês), e conhecimento em sistemas de gestão empresarial.

Salário: R$ 3 mil a R$ 7 mil

Motivo para alta: Demandas variadas, como reconciliação fiscal, aumento de volume de notas e cadastro de fornecedores, suporte com apuração de impostos indiretos e sazonalidades de auditorias.

Percentual de aumento: +41%

Próximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *